Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (47) 9 9601-9339

Encontre o que deseja

NO AR

TOP 10 NA TN!

    Esportes

Membro do COI antecipa anúncio e afirma que Olimpíada será adiada

Publicada em 07/01/13 por por lancenet - 251 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
O canadense Dick Pound, membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional (COI), se antecipou ao anúncio oficial da entidade e afirmou nesta segunda-feira que os Jogos Olímpicos de Tóquio serão adiados. As declarações foram dadas ao jornal americano "USA Today". O evento deverá ser remarcado para 2021, devido à pandemia do coronavírus.

- Com base nas informações que o COI tem, o adiamento foi decidido. Mais informações sobre isso ainda não foram determinadas, mas os Jogos não vão começar no dia 24 de julho, pelo que eu sei - afirmou o dirigente.Advogado e um dos nomes mais influentes do COI, Pound ganhou manchetes semanas atrás, após ter sido o primeiro a admitir a possibilidade de um adiamento. Membros do Comitê contestaram as declarações e as classificaram como uma opinião do canadense. Até o último domingo, a postura do presidente da entidade, o alemão Thomas Bach, era de negação sobre o reagendamento. Mas o dirigente, diante da pressão internacional, mudou de postura e prometeu um ultimato em até quatro semanas. 

Pound afirmou que uma série de questões ainda terão de ser alinhadas a respeito da nova data dos Jogos. Contratos de patrocínio e de transmissão, disponibilidade das instalações um ano depois do previsto e calendário das federações internacionais, que já têm seus eventos projetados, são algumas delas.

- Nós vamos adiar e começar a procurar um acordo com todas as partes interessadas nessa decisão, que são de uma quantidade imensa - explicou Pound.

Após a entrevista, o "USA Today" procurou o COI para repercutir as declarações. A entidade apenas reafirmou que "está estudando os cenários".

Nos últimos dias, atletas de diversos cantos do planeta se manifestaram a favor do adiamento, dentre eles o nadador Bruno Fratus, principal velocista do país atualmente. Eles alegam que não haveria tempo de realizarem uma preparação adequada para competirem em sua melhor condição, uma vez que clubes e estruturas de treinamentos estão fechados devido à pandemia.

Na noite de domingo, Canadá e Austrália avisaram que, caso os Jogos fossem mantidos para julho de 2020, não mandaria atletas. Alemanha, Brasil, Suíça e Noruega já haviam se posicionado contra a realização dos Jogos na data inicial.

Se as declarações de Pound se confirmarem, os Jogos de Tóquio ficarão marcados por um fato inédito. Será a primeira vez que uma Olimpíada deixará de ocorrer na data prevista por um motivo que não seja uma guerra mundial. 






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (47) 9 9601-9339

Terranova 87,9fm - Todos os direitos reservados